Como Fazer o Mapeamento de Competências - UNO ERP

Como Fazer o Mapeamento de Competências

25/04/2022

16:55 hrs

Saber fazer um bom mapeamento de competências é essencial para a gestão e aquisição de talentos em uma empresa. É por isso que vamos mostrar passo a passo de como prosseguir!

Se você ainda se sente um pouco perdido sobre o que é o mapeamento, volte alguns passos e leia este texto sobre o assunto, que lhe dará um panorama sobre o que é Mapeamento de Competências e mais detalhes extremamente úteis.

Agora, mãos à obra!

Primeiros Passos para o Mapeamento de Competências

Como o capital humano é um grupo composto por vários perfis e técnicas, é importante considerar cada uma dessas nuances.

Competências importantes para a organização

Antes de tudo, a própria empresa precisa ter uma noção clara do que é importante para seu negócio. Fazer uma lista de competências que são imprescindíveis para cada cargo, por exemplo, ajuda na hora de fazer uma contratação ou buscar por novos talentos no mercado de trabalho.

Apesar de parecer algo simples, esse tipo de exercício exige uma análise profunda das possíveis habilidades que possibilitam o bom funcionamento da empresa.

Indicadores e metas

A partir das competências definidas, está na hora de definir os indicadores comportamentais e as metas para cada cargo.

Os indicadores são descrições das características que afirmam as habilidades dos profissionais para determinado cargo. Por exemplo, alguém que possui uma boa comunicação, que é bom em manter relações, etc.

Ao estabelecer as metas para cada cargo, elas devem ser comunicadas com clareza, para que não haja nenhum tipo de falha nos momentos essenciais. É muito importante manter um alinhamento de expectativas em todos os campos da empresa, também pelo mesmo motivo.

Isso ajuda a evitar informações erradas de serem passadas para frente e impede desapontamentos, além de manter um time extremamente alinhado.

Avaliação de competências e habilidades

Agora é a hora de definir quais profissionais têm quais habilidades, das já definidas anteriormente pelo seu time. A estruturação dessa etapa tem que ser extremamente bem feita, ou do contrário, é muito fácil cometer erros.

É importante, nesta etapa, fazer alguns tipos variados de entrevistas, para ver como o profissional se encaixa em cada uma delas. O foco aqui é analisar como ele usa cada uma das habilidades nessas diversas entrevistas e/ou etapas.

Análise de resultados

Agora com o resultado em mãos, é possível fazer uma reestruturação dos postos de trabalho, a fim de gerar mais produtividade e eficiência. Essa análise também ajudará a gestão na tomada de decisões referente à aquisição de talentos ou retenção deles, no futuro. Isso é extremamente importante.

Os resultados ajudam em uma melhor construção de equipe e na elaboração de planos de carreira, partes extremamente essenciais da vida de um colaborador dentro de uma empresa.

Também é importante que a partir de todos os dados adquiridos até aqui, haja um planejamento futuro. Isso porque sua empresa precisa estar preparada para o que virá, também. Algumas competências podem não ser o foco agora, mas serão daqui alguns meses, e portanto, precisam entrar na estratégia.

Com uma empresa completamente estruturada, você estará mais preparado para enfrentar possíveis contratempos, e principalmente para se manter à frente da concorrência. Antecipe tendências, sempre. E confie nos seus colaboradores!

Gostou das dicas? Fique ligado no nosso blog para mais!

Você pode gostar