Evite Multas! Tenha Sintegra no seu ERP

Marcio Sanson
27/03/2019
Entenda a integração do UNO ERP ao Sintegra e por que ele é fundamental para o momento da emissão da nota fiscal.

 

No UNO ERP existe uma integração com o Sintegra para Validação dos registros para agilizar e minimizar erros operacionais…

Veja que estudos mostram que a cada 3 minutos uma legislação ou exigência fiscal dos governos federais, estaduais e municipais sofrem alteração. Logo, com um ERP integrado ao Sintegra, sua empresa evolui no sentido de evitar erros de forma dinâmica e rápida. Isso lhe ajuda a evitar multas!

Porém, o que é Sintegra? Como devo utilizar? Para que serve? É obrigatório? Como o Sintegra sempre gera dúvida, decidimos falar um pouco mais sobre o assunto neste post.

 

O que é Sintegra?

Popularmente conhecido como Sintegra, o Sistema Integrado de Informações Sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços concentra dados do contribuinte para o SEFAZ e para a  Receita Federal eletronicamente.

Podemos afirmar que o Sintegra é um arquivo de texto formatado por meio de um padrão previamente estabelecido pelo Fisco. Cada linha do arquivo corresponde a um registro, onde são contidos diversos campos que também são pré-definidos de acordo com o perfil do registro em questão.

Desde 2003, os arquivos do Sintegra controlam as operações de entradas e saídas interestaduais, que são realizadas por empresas contribuintes de ICMS, no momento que emitem notas fiscais eletrônicas para seus clientes.

As empresas precisam realizar um cadastro do Sintegra junto à Secretaria da Fazenda para acessarem e se ‘conectarem’ ao Software Validador (Software para Transmissão Eletrônica de Documentos, conhecido pela sigla TED).

Atenção! O ideal é que seu contador lhe auxilie nos cadastros que são essenciais para a aquisição do validador, você pode também contatar a Junta Comercial da sua cidade.


Por que ter ERP integrado ao Sintegra?

Curto e grosso, para que sua empresa possa emitir notas fiscais para seus clientes, pois é obrigatório para o repasse de dados a todos os contribuintes de ICMS.

Ele também é importante para escrituração fiscal por meio dos recursos do sistema eletrônico de processamento de dados.

O sistema ERP valida se o arquivo contém os tipos de registros necessários e retorna um arquivo do Sintegra com informações de quantos registros tem para cada tipo.

Ou seja, possui validação e crítica de dados para a emissão dos livros fiscais, evitando assim, divergências nas informações oficiais da empresa destinadas à geração dos arquivos legais.

Resumindo, sua empresa gera o arquivo Sintegra de forma simples e fácil. Ficando assim em dia com as obrigações acessórias!

 

Saiba mais no Manual do UNO ERP: