O que avaliar no fornecedor ERP?

O que avaliar no fornecedor ERP?

27/10/2020

15:30 hrs

5 pontos de atenção que sua empresa deve ter ao escolher um fornecedor de ERP para a sua empresa.

 

Para alcançar os resultados almejados, os gestores precisam sempre contar com pessoas, maquinários, matérias-primas e tecnologia excelentes.

Tecnologias como hardware e softwares de pontas são essenciais, mas é preciso cuidado na seleção do fornecedor dessas soluções, que precisam estar engajados com os objetivos da empresa dele. Principalmente, o fornecedor de ERP, pois é um sistema robusto que automatiza todos os processos da empresa e melhora a tomada de decisões.

Neste artigo, explicaremos o que deve avaliar no fornecedor na hora de escolher um ERP para a sua companhia. Confira:

 

1. Parceiros

Ao investigar os fornecedores de ERPs que atendem às demandas da empresa, opte sempre por aqueles que podem se tornar verdadeiros parceiros estratégicos do negócio, capazes de cumprir com os acordos firmados e entregar um serviço sólido e confiável.

 

2. Reputação Técnica

Na hora de escolher um fornecedor ERP, peça a opinião de pessoas técnicas ou consultores de negócios especializados sobre a reputação e credibilidade dos fornecedores que você está estudando. Não vale a pena investir em softwares oferecidos por empresas pouco confiáveis.

 

3. Equipe de Desenvolvimento

Verifique se o Sistema de Gestão pode ser personalizado para a sua empresa e se a equipe que irá desenvolver é do fornecedor ou terceirizado. O ideal é que seja realizado por analistas especializados e focados somente no software e contratados pelo próprio fabricante do ERP.

Algumas revendas de Sistemas ERPs de mercado podem desenvolver, mas não são responsáveis pelos erros e o suporte pode virar um grande transtorno para a sua empresa, pois fabricantes não se responsabilizam por desenvolvimentos de terceiros.

Já outros fabricantes e consultorias cobram uma fortuna para realizar alterações ou integrações importantes para o sucesso da empresa do cliente.


 

4. Equipe de Implantação

Muitas fabricantes de ERP utilizam somente assistentes virtuais para ajudar na implantação do software. Dessa forma, atraem os empresários pelo baixo custo, mas acabam frustrando por não obterem resultados com o software.

A Implantação não é necessariamente cara. Caro é não obter retorno de um investimento elevado como uma implantação ERP.

O acompanhamento de um Gerente de Projetos pode ajudar a empresa a desviar de armadilhas no momento da implementação.

Verifique também qual é a metodologia utilizada na implantação, se segue o PMI – Project Management Institute, somadas a práticas ágeis fornecidas por frameworks como o Scrum. Normalmente, empresas com processos de implantação bem definidos contam com um PMO – Project Management Office para gerenciar o seu projeto de implantação de ERP.

 

5. Equipe de Suporte Técnico

São raríssimas as empresas que trabalham com Suporte Técnico baseado em SLA – Service Level Agreement para PME no Brasil. SLA é uma garantia de alto padrão de nível de serviço e com um tempo de resposta incomparável para o cliente. Imagine ter um caminhão na porta esperando para sair, e sua empresa sem sistema para emitir a Nota Fiscal.

Com o SLA você tem garantias de resposta para as suas dúvidas e problemas, com prazos e multas previamente combinadas caso o fornecedor de ERP não cumpra.

Além disso, verifique se o suporte será prestado por uma equipe especializada no seu ramo de atividade e segmento de mercado.

Infelizmente, fabricantes de ERP estão automatizando o atendimento com chatbos e o relacionamento humano fica perdido. Veja se sua empresa terá um telefone para ligar e falar no suporte técnico se precisar e se há um sistema para abertura de chamados técnicos para interagir com o analista do suporte.

Além de um time técnico à disposição, uma boa documentação, treinamentos esclarecedores e, até mesmo um manual on-line podem ser úteis e importantes, para evitar qualquer problema na relação entre o software e os seus usuários.

 

Esperamos que essas dicas ajudem. E lembre-se, não existe conto de fadas, não se iluda acreditando que sistemas caseiros irão resolver seus problemas. Podem até aumentá-los, basta que você precise de suporte ou tenha que discutir uma mudança de estratégia no negócio, que você irá ver o saldo da conta. Pense nisto e muito sucesso!


Você pode gostar