O que esperar no próximo ano para Gestão Estratégica?

Cintia Tombolato
20/06/2018
Como sua empresa está fazendo a Gestão Estratégica e se preparando para o próximo ano da economia brasileira? Veja neste post o que esperar.

 

O consumo dos brasileiros vive um momento de desaceleração, prova disso é a divulgação do nosso PIB deste ano de 0,7% e previsão para 2015 de 0,8%.

Ou seja, nós estamos praticamente estagnados no crescimento econômico. Com o PIB estagnado, com uma inflação em alta e em torno de 6,5% até 2016, e um dólar que já chega na casa dos R$ 2,70 o Brasil passará pelo menor resultado econômico dos últimos 20 anos.

Não são só nossos governantes que terão um desafio pela frente, os empresários brasileiros preocupados com Gestão Estratégica também!

Enquanto reformas e movimentos políticos não acontecem, os empresários precisam continuar a manter suas empresas sustentáveis e rentáveis, mas como fazer isso?

Primeiro de tudo, mesmo com a correria, planeje-se e faça uma Gestão Estratégica já considerando essas informações da economia e com dados do seu mercado de atuação e números do último ano da sua empresa em mãos.

Identifique suas ameaças, fraquezas, oportunidades e ameaças (SWOT) e crie planos de ação, antes que seja tarde demais…

Empresários que não tem informações de sua própria empresa para fazer uma analise minima para Gestão Estratégica, já precisam começar à pensar em ter e colocar no plano de ação a implementação de um sistema de gestão empresarial integrado, que também irá ajudar na identificar gargalos e ralos na sua operação e finanças da empresa, trazendo grande economia e ajudando em sua rentabilidade para encarar um ano de recessão.

Do contrário, sua empresa fará parte das 191 mil empresas que fecharam as portas em 2015, contra as 232 mil abertas. Ou seja, mai de 82% não sobreviveram a nossa economia ou não tiveram uma boa Gestão Estratégica.

Achamos uma Notícia da AMCHAM Brasil sobre As expectativas de sete setores da economia em 2015, que vale também a sua leitura e atenção.

 

AINDA COM DÚVIDAS? FALE CONOSCO