Quanto custa um ERP online?

Cintia Tombolato
13/08/2018
Hoje o Brasil conta com mais de 500 fabricantes de Sistema de Gestão. Sabendo disso, descubra neste post quanto custa ERP online e como escolher?

 

Antes de começar a falar dos modelos comerciais, é importante conhecer os tipos de ERP online que existem. Hoje o Brasil conta com mais de 500 fabricantes de Sistema de Gestão Empresarial. Podemos elenca-los da seguinte forma:

Software de Prateleira

Aqueles que você compra no Kalunga, sem suporte e ideal para MEI.

 

Software Web Grátis

São como o Facebook, os dados não são só seus, não tem flexibilidade e os processos não são robustos. Ideal para MEI.

 

Software Licenciamento Web

Ideal para quem está começando. Possuem somente o feijão com arroz da gestão: fluxo de caixa e estoque.

 

Software das Grandes Empresas

Contemplam todas as funcionalidades e necessidades de todos os departamentos das multinacionais e grandes empresas. Exceto contabilidades, RH e outros softwares integrados.

Foram desenvolvidos em ambiente offline e que custam muito para mudar para a web algumas telas. Também custam milhares de reais e a cada nova versão custam mais alguns milhares de reais.

O custo da consultoria fica a parte. Logo, a manutenção fica inacessível para a PME, que não contará com um suporte.

 

Software sob Demanda

Desenvolvidos sob demanda. Normalmente, a PME contrata um desenvolvedor, que podem se tornar ainda mais caros e demandar ainda mais tempo para implantar.

 

Software Web para PME

Sistema com os mesmas funcionalidades  dos Softwares das Grandes Empresas focada na PME e 100% Web. São mais baratos e possuem modelo de licenciamento SaaS. Busque fornecedor que faz personalização e integram com outros softwares e apps.

Check list

Como vimos, existem 6 tipos de ERP online, dentre eles, existem uma infinidade de fornecedores para a sua empresa investir, mas se todos vão proporcionar os mesmos benefícios, o que avaliar como diferencial?

Fizemos um check list de itens que é preciso avaliar para ajuda-lo:

  • Atende todas as necessidades da minha empresa a curto, médio e longo prazo?
  • Terei de trocar para um outro ERP online em 3 anos, novamente?
  • É 100% Web? Já foi desenvolvido desde sua origem em plataforma on-line?
  • Integra (API) com outros softwares e app via webservice ou outra forma?
  • Integra diversos CNPJs da minha empresa? E departamentos?
  • Quantos usuários podem usar ao mesmo tempo?
  • Tenho direito a utilizar qualquer módulo?
  • Posso personalizar os módulos que eu quiser utilizar?
  • Como é o modelo de licenciamento?
    Se necessário, posso fazer desenvolvimento on demand para a minha empresa?
  • Quanto custa esse desenvolvimento?
  • Quanto custa a licença?
  • Quanto custa a manutenção mensal?
  • A manutenção inclui novas versões ou terei de pagar a parte?
  • Existe uma metodologia de implantação?
  • Quanto custa a implantação
  • Quais as formas e condições de pagamento?
  • A navegação é simples e fácil?

Então, quanto custa ERP online?

Não pense em custo, pense em valor. Quanto vale aquele determinado ERP online para o crescimento da sua empresa e pela manutenção de uma operação perene?

De qualquer forma, respondendo a sua pergunta, um ERP online robusto e confiável para uma pequena e média empresa é ofertado por valor / hora de consultoria de implantação mais o valor do licenciamento.

Em alguns casos, tem pacotes fechados de implantação com quantidades de horas predeterminadas. Avalie isso em todos os fornecedores.

Para licenciamento existem duas opções de aquisição, Tradicional e SaaS. O preço final vai depender de várias nuances, sendo que cada fabricante e consultoria utiliza um critério para chegar ao valor final.

Logo, saber a quantidade de usuários simultâneos, CNPJs e necessidades ajudará o fornecedor chegar no melhor valor para a sua empresa.

Para ter ideia, existe ERP online no mercado que cobra pelo tipo de transação feita no sistema, região, infraestrutura consumida, etc.

Leve em consideração que um ERP é um software, e que em muitas empresas, você ainda terá o custo de hardware (servidor, sistema operacional, internet, etc) e com outras licenças, como a do banco de dados.

*Os textos deste artigo foram retirados do ebook ‘ERP: Quanto custa?’?

 

AINDA COM DÚVIDAS? FALE CONOSCO