RD Summit 2018: o que vimos neste ano

Cintia Tombolato
25/06/2018
O time de marketing da UNO participou pelo segundo ano consecutivo do RD Summit e conta todas as novidades que viu e aprendeu no maior evento de marketing digital e vendas da América Latina.

 

Construa conexões, venda sucesso! Esse foi o tema do RD Summit 2018, que acontece todo ano em Florianópolis-SC. O evento que contou neste ano com mais de 10.000 pessoas é uma realização da empresa Resultados Digitais.

Aliás, o tempo todo, todos os palestrantes reforçavam a importância de fazer networking e de não vender por vender – deixe seu cliente sentir que está no ‘comando’ da compra.

“Ninguém gosta de ser abordado por vendas. As pessoas gostam e sentem prazer em comprar”. Frase do palestrante Jacco Van der Kooij, que abriu a plenária do segundo dia do evento e em sua segunda edição do evento.

Já o primeiro dia começou com a escritora, consultora e palestrante nas áreas marketing digital e inovação – Martha Gabriel, que chegou dando o tom da conversa de todo o evento: Inteligência Artificial (IA). Sim, tecnologia é a pauta principal para equipe de vendas e marketing obterem sucesso no futuro, mas atenção! O futuro já começou…

Apostas dos marketeiros de plantão no RD Summit 2018:

 

 

O futuro se constrói agora

A Martha Gabriel levou um dado bem curioso, até 2060 as máquinas já terão  substituído todas as atividades operacionais realizadas por humanos. Ao ponto, de já se discutir ‘Direito, Moral e Ética’ dos robôs.

Não só por isso, mas o sentimento geral que percebi no RD Summit, é que as pessoas e empresas estão interessadas em mudar suas estratégias para sobreviver ao futuro, é uma vontade enorme de fazer diferente hoje e agora.

Seja por medo dos robôs lhe substituírem e você não conseguir mais emprego, seja por medo de empresas mais inovadoras entrarem no mercado e quebrarem o seu negócio. Por isso, estudar o ressignificado da sua carreira e empresa diante ao mercado nunca foi tão importante!

 

Por que estudar, inovar e mudar você e sua empresa?

Você já deve ter sentido mudanças no mercado e no seu cliente. Tanto que o CEO da Resultados Digitais levou alguns ‘efeitos colaterais’ dos novos modelos de negócios:

  • Taxas de retenção e fidelidade mais baixas.
  • Expectativa de gratificação instantânea pelos clientes.
  • Custos de aquisição mais altos.
  • Ciclo de venda mais acelerado. Por isso, SaaS remete a alta velocidade.
  • Contrato menores (em $) e mais curtos.
  • Inclinação a menores riscos e investimentos na entrada.
  • “Consumerização” da empresa: menos burocracia para uso e compra.
  • Expectativa de alto nível de qualidade no suporte.
  • Vendedor “agressivos” cada vez menos eficientes.

Logo, ficar parado esperando que seja uma fase não vai resolver. Visto que não é passageiro, essa é uma mudança real e alarmante para os acomodados de plantão.

 

Palestras Principais

São mais de 150 palestras realizadas em 3 dias de evento, separadas em 7 palcos e uma plenária principal. Para ajudar a organização fez um aplicativo para os participantes escolherem as trilhas que querem seguir e se localizar no evento.

Em alguns horários, ocorre apenas 1 palestra na plenária, que é transmitida em todas as outras salas. O que estou chamando de palestras principais aqui no post.

 

1º Dia

  • Martha Gabriel
    Mostrou que IA vai muito além dos robôs, androides e ciborgues. E que não adianta resistir à essa evolução tão importante para os negócios.
  • Eric Santos
    O CEO da Resultados Digitais deu dicas para criar máquinas de crescimento previsíveis, escaláveis e lucrativas (scaleups – empresas que crescem 20% ou mais durante 3 anos seguidos). No final da palestra, informou que 70% de seus clientes não tinham CRM e que por isso, a RD estava lançando o seu próprio para ajudar seus clientes.
  • Robert Cialdini
    Especialista nas áreas de persuasão, compliance e negociação e autor do best seller ‘As armas da persuasão’ apresentou os conceitos da reciprocidade, da escassez, da autoridade, consistência, afinidade e consenso para influenciar pessoas e sociedades.

2º Dia

  • Jacco Van der Kooij
    Sempre muito animado e utilizando música, o especialista em vendas trouxe mudanças que impactam os vendedores, principalmente os de vendas complexas. Mostrou que o segredo está no SaaS, já que novas pessoas podem começar empresas e mudar o mundo com elas.
  • Ricardo Amorim
    Eu já tinha visto esta palestra do economista em outra oportunidade aqui em São Paulo. Ela traz um gás de entusiasmo e elucida muito bem as oportunidades que o Brasil vai passar nos próximos 3 anos. Mostrou que há semestres o Brasil só cresce e nós brasileiros só reclamamos da economia. “A oportunidade de crescer é agora, que estamos em ascensão e não adianta investir somente quando estamos no auge do crescimento, pois ai a tendência é voltar a cair”.
  • Yvonne Cagle
    A astronauta e pesquisadora clínica aeroespacial da NASA, que abriu sua palestra dizendo “Nós vamos para Marte”, contou sua trajetória profissional e afirmando que em 2024 o homem voltará a pisar na lua. Ela provoca perguntando por que não enviamos Inteligência Artificial no lugar de humanos para o espaço e responde “porque somente nós nos importamos” apontando para seu coração.

3º Dia

  • Tim Ash
    Começando com a história do Big Ban o especialista em estratégias digitais mostrou como nós usamos características primitivas para tomar decisões e como funciona o nosso cérebro. Reforçou que equipes de marketing devem ter em suas estratégias facilitar as decisões de compra dos consumidores. Para comprovar, trouxe pesquisas que mostram como nossos olhos trabalham e nosso cérebro reage ao navegar em sites de compras online.
  • Marcelo Tas
    Sem muitas apresentações, o professor Tibúrcio contou que é formado em engenharia, comunicação e em direito. Trouxe uma reflexão sobre como a conectividade está interferindo nas relações humanas e empresariais e como as ‘bolhas’ que estamos inseridos prejudicam vermos o todo e criarmos empatia. A lição é que em vez de criticar seu usuário e/ou cliente, tente entendê-lo e aprenda com a experiência do outro. Tenha diversidade em sua empresa, e conheçará diferentes pontos de vista e solução para o mesmo problema.
  • Guga
    Essa me surpreendeu, não achei que o Gustavo Kuerten tinha tanta sinergia com o microfone e que daria um novo gás de ânimo. Muito simpático, chamava as pessoas para foto durante a palestra, Guga foi contando sua trajetória no tênis, seus altos e baixos, o que sentia em cada momento de sua carreira, sempre fazendo analogia com a vida de qualquer outra pessoa.

 

Demais palestras

O conteúdo dessas outras palestras eram mais técnicos e específicos para cada trilha: CS – Customer Success, Vendas, Marketing Introdutório e Avançado, Tecnologia e Produto, Gestão & Estratégia, Conteúdo & SEO e Desenvolvimento de Pessoas.

Estávamos em três pessoas e nos dividimos entre as trilhas, já que todas aconteciam ao mesmo tempo.

 

Feira de Negócios

Além do congresso, rolava uma feira de negócios com cerca de 80 empresas de marketing e tecnologia. Muitas eram startups, que chegaram a ter suas soluções utilizadas pela própria Resultados Digitais.

Muito bom passear por lá para desenvolver fornecedores, conhecer pessoas e buscar soluções que podem inovar sua empresa. #ficaadica

 

Vale o Investimento?

Cheguei no evento de 2018 temerosa… Sabe aquele dito que ‘a 2ª vez nunca é tão boa como a primeira experiência positiva’? Achei que iria ver mais do mesmo, sabe?!

Mas não, notei que os discursos evoluíram sobre inbound marketing e fui embora cansada de tanta informação nova na cabeça. Voltei a mil por hora e com um grau altíssimo de ansiedade!

Porém, é preciso saber que você voltará para a empresa cheio de ideais de mudança e melhoria, mas as pessoas que estavam naquela semana no escritório trabalhando normalmente, não estão na mesma sintonia que você.

Talvez elas não vejam as necessidades e urgências como você passou a ver…

Então, já fica a dica se você quiser ir: se você não estiver preparado para lidar com tanta informação, com desequilíbrio de conhecimento entre você e o resto do time, tiver dificuldade de engajar pessoas em um novo propósito e implementar melhorias no pós RD Summit, talvez o investimento não seja para você.

 

QUER SABER MAIS? FALE CONOSCO