Sistema de Controle de Estoque: O que avaliar antes de comprar?

Sistema de Controle de Estoque: O que avaliar antes de comprar?

01/09/2020

7:00 hrs

Vem saber como escolher o melhor sistema de controle de estoque do mercado e gerenciar toda a sua cadeia produtiva!

Você está buscando por um sistema de controle de estoque para o seu negócio? Cuidado com os ERPs que fazem promessas milagrosas a um custo muito baixo, mas que, no fim, não acompanham o crescimento da empresa. Escolher uma ferramenta como esta exige um certo cuidado para não ter problemas no futuro.

Por isso, no post de hoje, listamos 10 pontos para você escolher o sistema de controle de estoque certo para sua empresa. Descubra quais perguntas fazer ao fornecedor do ERP para escolher aquele que vai atender suas necessidades a curto, médio e longo prazo.

 

1. Tem a opção de pedidos de venda online e offline?

Bons sistemas de controle de estoque precisam trazer um esquema eficiente de pedidos de vendas online e offline. Trata-se de uma funcionalidade que gera uma série de informações financeiras, como orçamentos e cotações. Para que a ferramenta seja ainda mais eficiente, esses pedidos devem ser personalizados para atender às demandas diárias do seu negócio.

Com essa função disponível em um ERP, você consegue ter mais previsibilidade de vendas e demandas. Afinal, todos os dados ficam centralizados em um único local, facilitando o acesso às informações importantes para a sua empresa.

 

2. Permite que eu faça o planejamento de compras?

O planejamento de compras é uma funcionalidade fundamental para organizar o seu negócio e reduzir as quebras nos pedidos. Como um ERP registra todas as movimentações de estoque, você nunca fica com ele vazio, porque é possível ter previsibilidade com base no histórico de demandas.

Essa função também permite um maior controle de gastos. Assim, suas análises sobre o que deve ser comprado ficam muito mais assertivas. Da mesma forma, você evita custos a mais para o seu negócio, podendo alocar recursos no que realmente vale a pena.

 

3. E o planejamento da produção, ele tem?

O planejamento de produção é a funcionalidade ideal de um sistema de controle de estoque para realizar o gerenciamento de toda a produção industrial. Com ela, sua operação é muito mais eficiente, evitando o retrabalho da equipe. Toda a análise de estoque, ordem de produção e compras é feita por esse recurso.

Com essa ferramenta, é possível fazer a especificação dos materiais e dos colaboradores envolvidos em cada etapa da produção. O processo, então, se torna muito mais fluido, reduzindo riscos e gastos desnecessários.

 

4. É possível trabalhar com unidades de armazenagem?

As unidades de armazenagem que um bom sistema de controle de estoque oferece deixam a sua operação mais enxuta. Com esse recurso, você consegue criar grupos de produtos de acordo com as categorias que fizerem mais sentido para o seu negócio. Com isso, a etapa de separação dos itens fica muito mais simples e rápida.

Essa funcionalidade permite organizar as mercadorias no estoque de acordo com métodos como o FIFO (First in, First Out). Assim, todo o processo produtivo é beneficiado, já que as unidades de armazenagem facilitam a passagem para a próxima etapa da cadeia.

 

5. Ele tem as funções para agilizar o recebimento do estoque?

O recebimento é um ótimo recurso para controlar o seu estoque. Ele utiliza regras de contabilidade parametrizadas, garantindo a equivalência das notas fiscais com os dados registrados de compra. Com isso, um ERP torna a operação mais rápida e evita erros com as notas fiscais.

O recebimento de estoque também permite realizar a classificação das NFs de forma automática. Você consegue personalizar essa funcionalidade de acordo com as necessidades da sua cadeia produtiva.


6. Rastreabilidade e mobilidade estão presentes na solução?

Sistemas de controle de estoque que trazem eficiência para os seus processos contam com funções de rastreabilidade e mobilidade. Assim, você consegue saber, exatamente, onde estão os seus produtos. Isso permite uma maior organização das mercadorias, reduzindo custos com logística. Afinal, com esse recurso é possível traçar estratégias mais inteligentes para controlar seu estoque a partir das análises feitas pelo ERP.

 

7. Ele permite a importação XML na NF de entrada?

A possibilidade de importação XML na NF de entrada facilita muito a sua gestão de estoque. Um dos problemas enfrentados pelas indústrias são os erros nas notas fiscais, o que pode causar riscos contábeis graves e problemas no recebimento das mercadorias.

Com um ERP, você tem a possibilidade de automatizar a importação XML, o que elimina as falhas humanas. Outra vantagem dessa funcionalidade é a economia de tempo dos colaboradores, que não precisam ficar digitando cada uma das informações da nota fiscal.

 

8. Posso fazer a classificação por grupos e categorias de produtos?

A classificação por grupos e categorias de produtos de um ERP é uma ferramenta eficiente para organizar o seu estoque. Isso porque o recurso simplifica muito o acesso às mercadorias. Assim, a equipe não perde tempo buscando os itens. Os grupos e categorias deixam mais claro como o seu estoque é composto, facilitando as análises preditivas para definir o que deve ser reposto.

 

9. É possível fazer gestão de centro de custos?

Na escolha do seu sistema de controle de estoque, observe se ele oferece gestão de centro de custos. Essa função registra todas as fontes de gastos e geração de receita para o negócio. Com isso, você tem uma visão completa sobre o fluxo de dinheiro dentro da empresa.

Esse recurso permite categorizar as despesas e contribuições, simplificando a sua gestão financeira. Assim, você consegue identificar problemas na contabilidade rapidamente, podendo tomar decisões imediatas para eliminar essas falhas.

 

10. E o giro de estoque, consigo analisar?

O giro de estoque é uma função básica para qualquer bom ERP. O sistema centraliza todas as movimentações, aumentando o seu controle sobre a produção, as vendas e as compras dos itens da sua indústria.

Além disso, um sistema de controle de estoque deve trazer dados relevantes para realizar essa gestão. Busque por ferramentas que emitam relatórios personalizados para sustentar suas análises e decisões.

Quer conhecer um sistema de controle de estoque eficiente e que atende a todos os pontos que apresentamos ao longo do post? Então, saiba mais sobre o UNO ERP e otimize toda a sua cadeia produtiva!


Você pode gostar