Sistema de Gestão Empresarial Online: melhorar ou comprar carro novo?

Marcio Sanson
13/08/2018
Após 19 anos de experiência trabalhando com Sistema de Gestão Empresarial Online refletimos e analisamos o perfil de alguns empresários brasileiros.

 

A frente de uma operação comercial desenvolvedora de Sistema de Gestão Empresarial Online há mais de 19 anos, eu tenho me divertido com situações inusitadas em muitas visitas e negociações comerciais.

Chega a ser engraçado observar o dilema de alguns sócios desses clientes. Constantemente, seus objetivos pessoais se sobrepõem aos comerciais e, às vezes, até revelam-se por meio de declarações explícitas sobre o adiamento da aquisição de um objeto de desejo. Pode ser um carro, viagem, TV de última geração…

 

Investir ou saciar um desejo pessoal?

Por mais que tenhamos lido, feito MBAs e ouvido conselhos dos mais experientes, a atração por bens materiais se manifesta quando os recursos ficam escassos e surge a necessidade de um executivo tomar uma importante decisão.

É neste momento que percebemos uma das principais diferenças entre o empresário com síndrome de funcionário e o líder nato.

Este último elemento, em minha opinião, pode ser definido como CORAGEM (ação do coração). A ousadia do empreendedor brasileiro é quase mística.

São poucos os que conseguem traduzir suas ações estratégicas por meio de um plano de negócios. O mais comum é que a tomada de decisões seja baseada em emoções e confiança. O incrível é que normalmente dá certo!

 

Cárcere chamado “PME”

Passada a euforia da concretização das primeiras vendas, existe um momento pelo qual  quase todos os empresários já passaram, onde a empresa vira sua RAZÃO e não mais MEIO de vida. Ou seja, torna-se uma verdadeira prisão!

Costumo dizer que nestes momentos existe uma bola de ferro amarrada aos pés dos sócios, uma vez que comumente surge um sentimento arrebatador de se empurrar um caminhão na subida e que acaba tomando conta de suas ações.

Estas, por si só, acabam ficando desordenadas e começam a gerar retrabalhos e os impactos na vida pessoal e nos relacionamentos por vezes são irreparáveis.

 

Não aguento mais!

Essa é uma das frases mais ditas e ouvidas nesses momentos.

Existem aqueles que desistem, pois o empreendedorismo tem um preço muito alto… Mas há os que persistem e resolvem mudar.

Neste contexto, vale lembrar que uma das definições de insanidade é fazer as mesmas coisas todos os dias e querer obter resultados diferentes.

A mudança pode ocorrer em várias camadas, desde a demissão de funcionários, mudanças de políticas comerciais, até o reconhecimento que o Sistema de Gestão Empresarial / processo não está funcionando e nem atendendo às demandas. É justamente nestes momentos que nós aparecemos!

 

Garantias de sucesso

Vender processos e boas práticas não são garantias de sucesso. O que precisamos reconhecer é que uma operação automatizada gera condições de crescimento e bases sólidas para uma economia de escala.

Afinal, a felicidade é o verdadeiro objeto de desejo. E com uma empresa organizada, o empresário se liberta das operações repetitivas do dia a dia e consegue mais tempo para utilizar onde quiser, ou seja, em técnicas que propiciem melhor qualidade de vida para os gestores e lucro em sua conta corrente!

Atualmente, várias empresas de Sistema de Gestão Empresarial Online já oferecem planos com baixo valor inicial, os chamados planos SaaS (software as a service), permitindo a empresa utilizar o Software pagando uma mensalidade, um estilo de aluguel de Sistema de Gestão Empresarial Online.

Para que a coragem descrita acima não se torne imprudência, vale a pena pesquisar bastante e elaborar critérios de seleção do fornecedor, afinal estamos falando de um casamento, e ele precisa ser duradouro. A metodologia de implantação e comprometimento são requisitos fundamentais.

Em momentos de crise econômica, onde a demanda está abaixo da capacidade de produção, o indicado é plantar para poder colher lá na frente. Em tempos de ociosidade, a sugestão é arrumar a casa, se organizar e planejar, preparando-se para tempos em que a economia estará mais aquecida. Assim será!

 

AINDA COM DÚVIDAS? FALE CONOSCO