10 motivos para vender nos Marketplaces | Blog UNO ERP

10 motivos para vender nos Marketplaces

22/09/2015

11:35 hrs

A ideia hoje é trazer para vocês 10 motivos para vender nos Marketplaces, que não seja o motivo acima. Se você quiser saber um pouco mais sobre o tema.

 

Que Loja Virtual já é um caminho sem volta já sabemos, mas você sabia que outro caminho sem volta são as vendas dentro de Marketplaces?

É certo que muito ajuste ainda será feito nas vendas on-line, mas também podemos afirmar que integrar sua Loja Virtual ou ERP aos Marketplaces é inovador e mais que urgente para a sobrevivência.

A ideia hoje é trazer para vocês 10 motivos para vender nos Marketplaces, que não seja o motivo acima. Se você quiser saber um pouco mais sobre o tema, percorremos em uma notícia no site da UNO Soluções, confira a notícia em UNO integra ERP com Marketplaces.

Dá para saber um pouco mais também nO POST O que são os hubs de integração com Marketplaces?. Então, vamos lá:

 

1. Inovação

Empresas que querem sobreviver ao mercado, principalmente a PME, devem sempre estar atentas às inovações do mercado e desenvolver ferramentas para facilitar a gestão, aumentar a taxa de conversão e o ticket médio de seus clientes.

Pensando nisso, é essencial buscar soluções que permitam atingir esses objetivos. Se sua empresa quer ser inovadora, já busque essa integração de maneira prática e efetiva e saia na frente.

 

2. Economia com Marketing

Os marketplaces fazem os investimentos com publicidade e marketing digital para que seus produtos sejam encontrados com mais facilidade pelos consumidores web. Os valores já estarão na taxa de comissão dos marketplaces. Ou seja, o investimento com marketing será com base em resultados.

 

3. Aumento na taxa de conversão

Se você já possui uma Loja Virtual perceberá que a taxa de conversão de vendas feitas em Marketplaces é maior que as vendas feitas em sua plataforma própria, visto a força da marca dos varejistas on-line como o Walmart e Submarino e as facilidades de pagamento que eles proporcionam ao consumidor.

 

4. Aumento no ticket médio

Com as facilidades nas formas e condições de pagamento, também será percebido um aumento no ticket médio das vendas. Primeiro, por que o consumidor confia na marca e segundo, por que o “crédito” é facilitado.

 

5. Não precisa de loja virtual

Não necessariamente você precisa investir em uma Loja Virtual para poder vender em Marketplaces. Basta integrar produtos, estoque e pedidos do Sistema de Gestão (ERP) com o Marketplace.


 

6. Novas possibilidades para Fabricantes e Distribuidores

Se existe a possibilidade de oferecer seus produtos em mais de um canal, simultaneamente, não há razões distribuidor e fabricante se negar, pois as margens de vendas são ainda maiores, visto que se igualam aos de suas revendas e pontos de vendas, sem gerar concorrência com eles.

 

7. Concorrência menos desleal

Poder estar em Marketplaces torna a concorrência menos desleal para as pequenas e médias empresas (PME), visto que suas verbas de marketing são menores e os marketplaces tornam mais fácil a localização de sua marca e produto pelo consumidor. Sua empresa estará vendendo para todo o Brasil e sem restrição de localização e com condições de pagamento mais acessíveis.

 

8. Economia com Gestão de Equipes de Vendas

Gestão de equipes de vendas, controle de comissões, burocracias e processos trabalhistas, gestão de ambiente de trabalho, entre outros problemas, que quem tem equipe de vendas grande sabe que é difícil gerenciar. Os marketplaces ganham uma taxa fixa de comissão e você não terá que se preocupar com esses pormenores na nova fonte de renda e canal de venda.

 

9. Força a integração

Se seu software de gestão, loja virtual e marketplace não estão integrados e você vende neles, se verá forçado a integrar para não perder o controle operacional da empresa. Uma gestão com excelência somente será possível se integrar as plataformas.

 

10. Melhora nos processos

Os mesmos motivos para melhorar os processos internos e organizacionais de sua empresa, que para poder atender a nova demanda e satisfazer os clientes precisará se organizar, documentar processos e sistematizar atividades repetitivas do dia a dia.


Você pode gostar