5 Dúvidas Frequentes sobre Folha de Pagamento com eSocial

Cintia Tombolato
20/06/2018
Nós respondemos neste post as 5 dúvidas mais frequentes sobre a Folha de Pagamento Digital, o famoso e temido SPED Social – eSocial.

 

Desde de Janeiro de 2016 entrou em vigor uma  Folha de Pagamento com eSocial e passa a ser uma obrigatoriedade para as empresas brasileiras, e para evitar multas, há um grande desafio: como se adequar a essa nova forma de escrituração fiscal?

Pensando nisso, nós respondemos 5 dúvidas frequentes sobre a Folha de Pagamento Digital, o eSocial.

 

1. O que é o eSocial?

O eSocial é uma sigla utilizada para Sistema de Escrituração Fiscal e Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas, que nada mais é do que a Folha de Pagamento Digital dos funcionários da sua empresa. O eSocial faz parte do Sped (Sistema Público de Escrituração Digital).

 

2. O que muda?

Com o eSocial a forma com que as empresas declaram suas obrigações fiscais, tributárias, previdenciárias e trabalhistas mudará também, ou seja, após a adequação a esse novo sistema o mesmo levantará as informações sobre os colaboradores da empresa e permitirá a unificação e o envio das informações para o governo federal, substituindo todos os procedimentos burocráticos feitos atualmente.

Cenário antes, e proposto com o eSocial (Fonte: Prosoft):

 

3. Por onde começar?

O primeiro passo é inserir os dados dos colaboradores ativos da empresa, com todos os dados atualizados para não haver convergências.

Através desses dados é possível o envio para o Governo Federal, e pode ser feito manualmente através do Site do eSocial ou com o intermédio de um software, que após o envio dos dados e a verificação desses, emitirá um protocolo de recebimento ao empregador.

Não deixe de conferir também: Perguntas frequentes sobre SPED Fiscal

 

4. Quais os benefícios que o eSocial me trará?

Na prática, em apenas um envio, as obrigações feitas pelas empresas para órgãos como o Caged e a Gfip serão substituídas pelas informações do eSocial.

Com todos os dados integrados, a fiscalização será mais simples e fácil, evitando assim eventuais multas e penalizações.

 

5. O que acontece se minha empresa não se adequar?

Todas as empresas continuarão declarando suas obrigações fiscais para os agentes do governo e inclusive as empresas que são fiscalizadas por um fiscal da Receita Federal ou do Ministério do trabalho, serão feitas de forma automática pelo Sped.

As empresas que não utilizarem o eSocial estarão sujeitas a punições como previstas pela lei.

E você? Está preparado para resolver a sua entrega do eSocial?

 

AINDA COM DÚVIDAS? FALE CONOSCO