Software Gestão Industrial: 5 problemas que ele resolve

Software Gestão Industrial: 5 problemas que ele resolve

02/06/2020

7:00 hrs

Neste post saiba quais são os 5 principais problemas enfrentados pelas indústrias e descubra como resolver cada um dele com um software de gestão industrial.

 

Toda indústria sofre ou já sofreu com problemas de controle e organização. Seja em relação à ordem de produção, à estrutura dos produtos, aos custos de fabricação, ao planejamento de compras e aos lotes e números de série.

Nesse cenário, um software de gestão pode ajudar muito na hora de resolver essas questões. Isso porque um ERP conta com ferramentas para integrar, customizar e automatizar processos, tornando toda a operação mais ágil e otimizada. Conheça, neste post, 5 dificuldades que um Software de Gestão Industrial é capaz de resolver.

1. Problemas no controle sobre a Ordem de Produção

Você sabe quando uma ordem de produção (OP) dá lucro ou prejuízo? Essa é uma grande questão para as indústrias, mas a boa notícia é que um ERP pode ajudar muito. Ele é uma ferramenta importante para a gestão de custos.

Um software de gestão industrial oferece diversos tipos de informações. Algumas delas são: quanto foi cobrado do cliente, quais são os impostos devidos, os reembolsos já foram quitados, os itens mais usados do estoque na sua produção, o seu inventário, as perdas de material, as entradas e as saídas.

Com todas essas informações, fica muito mais fácil fazer o controle de custos. Afinal, o ERP realiza todos os cálculos de forma ágil e automática. Se esse processo fosse feito manualmente, levaria muito mais tempo e você ainda correria o risco de cometer erros no meio do caminho e ter valores imprecisos e incorretos sobre a sua produção.

 

2. Ausência de ficha técnica e estrutura dos produtos

O planejamento e controle da produção (PCP) são fundamentais para garantir processos bem estruturados e que trazem bons resultados para a sua indústria.

Nesse cenário, os roteiros de produção e as fichas técnicas ganham muita relevância, porque evidenciam o processo de produção, a estrutura dos produtos, como serão produzidas as peças envolvidas na montagem dos itens e a duração dessa operação.

Se esses pontos não estiverem muito bem claros e organizados, aumentam as chances de erros durante o processo de produção. Por isso, adotar um software de gestão industrial é uma ótima saída, afinal ele conta com a funcionalidade do roteiro. Além disso, as automatizações que um ERP como esse oferece permitem liberar tempo da equipe, que pode se dedicar ao que realmente importa.

Portanto, um software de gestão industrial garante a qualidade e a eficiência do seu processo de produção e ao planejamento de todas as suas ações. Com o PCP, você identifica desvios e falhas nas operações, permitindo que você age em tempo suficiente para resolver os problemas que se apresentam.

A partir disso é possível construir uma visão mais clara e abrangente da sua indústria. Isso permite ter decisões mais assertivas e desenhar processos cada vez mais adequados, diminuindo seus custos operacionais e  otimizando seu produto.


3. Falta de controle sobre os custos de fabricação

Você sofre para saber quais os seus gastos de fabricação e quanto seu produto realmente custa? Um sistema de gestão industrial conta com funcionalidades que organizam suas fichas técnicas e estruturas de produto. Afinal, a desorganização no seu negócio só prejudica sua rentabilidade e aumenta seus custos.

Falando em custos, um ERP é uma opção acessível para o seu bolso porque uma de suas vantagens é a redução de custos.

Afinal, estamos falando de um sistema completo, que dispensa a utilização de outras ferramentas caras e pesadas e cujo banco de dados e sistema operacional têm custo zero.

Uma ferramenta destas auxilia muito na hora de precificar seus produções, porque você entende realmente quando é gasto para fazer cada item. Isso acontece uma vez que o sistema organiza todas as informações sobre as mercadorias com o módulo de produção.

Assim, você só precisa inserir os dados e definir os processos que vão compor a operação industrial. Depois, o sistema faz todo o trabalho por você  a partir das integrações com outros módulos, como os de compras e vendas, resgatando todo o histórico de entradas, saídas, reposições e variáveis.

 

4. Inexistência de um planejamento de produção e compras

Um ERP bem equipado conta com um módulo de compras completo e integrado para auxiliar no seu planejamento de produção. Com isso, o departamento de compras fica inteirado aos outros da empresa. Integrar o setor de compras, vendas e estoque é uma saída eficiente para garantir o suprimento das suas demandas.

Além disso, com as automatizações que um software oferece, é possível enviar avisos de recebimento, indicando os itens e quantidades dos produtos adquiridos, além do prazo de entrega.

Um software de gestão industrial resolve todos os seus problemas com o planejamento de compra de mercadorias, cotações, pedidos, demandas internas de materiais e custos com todos os itens e importações.

Além disso, como um ERP online permite um alto grau de personalização, você consegue adaptar as funcionalidades oferecidas de acordo com o seu modelo de negócio e as necessidades das suas operações.

 

5. Carência de controle de lotes e números de séries

Já pensou tornar as operações de separação e recebimento muito mais ágeis? Com um software de gestão industrial, isso é possível. Isso porque ele garante um controle mais eficiente do estoque, organizando os lotes, os part numbers e os números de séries dos seus itens.

Além de oferecer um monitoramento preciso das entradas e saídas de cada produto, identificar quais itens apresentam algum defeito e permitir o bloqueio da venda de lotes indisponíveis. O melhor de tudo é que uma ferramenta como essa permite centralizar todos os dados em um único lugar, facilitando as consultas e a emissão de relatórios mais assertivos.
Dê adeus à lacuna de dados sobre as suas mercadorias e a confusão de informações que vem do controle manual de estoque. Conte com a segurança e a tecnologia de um ERP para as sua gestão industrial. A tecnologia que essa ferramenta oferece vai facilitar todos os seus processos de produção e melhorar as suas estratégias de negócio.

Ficou com vontade de saber mais sobre um software de gestão industrial? Então conheça um sistema de manufatura flexível 100% web. Totalmente online, acessível de qualquer lugar e de fácil implantação, vai resolver os 5 problemas apresentados aqui.

Até a próxima!


Você pode gostar